quarta-feira, 18 de julho de 2012

Capitulo I

-Informam-se todos os passageiros que o voo para Itália, com destino a Veneza, parte dentro de quinze minutos.
Suspiro mal acabo de ouvir isto, pois restavam-me apenas quinze minutos para deixar a cidade na qual vivi durante 18 anos…quinze minutos para deixar a minha família, os meus amigos e as minhas “coisas” todas! Um quarto de hora que tenho para guardar todas as recordações de uma infância e adolescência para que quando sentir saudades, ler cada página escrita e recordar tudo para que um dia elas me possam “aconchegar” em dadas alturas e momentos meus em Veneza, ou seja, todas estas “páginas” estão guardadas no maior diário de todos, o meu coração.
-Bem… - E suspirei. – …está a chegar a minha hora… - Continuei tristonha.
-É para o teu bem filha. – Dizia a minha mãe.
-Eu sei, mãe…mas vais custar tanto!
-Vá, nada de lágrimas. – Pedia o meu pai. – Eu levo-te até á entrada Matilde. – E sorriu para mim como forma de aconchego.
Despedi-me de todos os que ali estavam, da minha mãe, dos meus tios e de alguns primos meus, com as emoções à flor da pele.
Não sabem o quanto dói saber que vamos deixar quem mais amamos para trás, mudar de cidade, e pais, tudo assim do nada, tão repentinamente onde a desilusão de ir embora é enorme, o facto de me sentir perdida é que consegue preencher-me por completo e eu nem sei bem como me endireitar, mas o pior, é saber que vou deixar a pessoa de quem gosto para trás e nem sequer tive oportunidade de falar com ele e declarar-me…é como se me estivessem a arrancar algo de mim, embora eu não saiba bem o que é, mas a questão é: “Será que foi melhor assim? É tudo isto obra do destino?”…?!
-Bem… - Disse o meu pai triste. – Parece que é aqui…
-Pois, parece…mas podia não parecer se me deixasses fingir que nada disto está a acontecer. – Disse friamente.
-Já falamos sobre isto Matilde! – Alertou-me. – É o teu futuro que está em causa!
-Sabes que mais pai? Não vale a pena estar sempre a bater na mesma tecla, vocês nunca iriam tentar pôr-se no meu lugar, a vossa opinião é a única que conta e os meus sentimentos entram sempre para segundo plano… - E uma lágrima caiu-me. – Adeus, pai. Toma conta da mãe, prometo fazer de tudo para me vir logo embora.
-Adeus filha! – E abraçou-me. – Tenho muito orgulho em ti e sei que vais conseguir! – E limpou-me as lágrimas. – Tens o tempo todo, não te preocupes em querer apressá-lo.
E lá se foram as despedidas e segui em frente, mas antes de entrar naquela que seria a maior passagem que alguma vez atravessarei, ou seja, a ponte de ligação entre o meu passado e o meu futuro, olhei de novo para o meu pai e fiz-lhe um “fixe” lançando-lhe também um sorriso, pois tinha de me fazer forte e não despedir-me dele com as lagrimas nos olhos, seria muito mau tanto para ele, como para mim que iria ficar de consciência pesada durante 2 anos, ou até às férias, se eles me deixarem cá vir…
Bem, lá entreguei o meu bilhete, entrei naquele pequeno túnel para o avião e sentei-me no meu lugar, junto à janela e coloquei os meus fones, sem reparar em nada, em mais ninguém, apenas concentrada no facto de como ira ser a minha vida daqui para a frente, sozinha num pais que não conheço, numa cidade com um colégio diferente de todos os outros, ou seja, era apenas eu, os meus pensamentos e as minhas recordações.
O avião começou a andar e olhei uma última vez para a minha cidade natal com nostalgia, mas sabia que correr atrás dos sonhos não era tarefa fácil, quem o disser é porque não tem um alguém que terá de deixar para trás e viver apenas com a distância e a saudade.




Cá está o inicio de uma grande aventura cheia de misterios por descobrir!!
Esperemos que gostem e se não for pedir muito comentem deixando a vossa opinião :)

8 comentários:

Alex disse...

Gostei muito deste primeiro capítulo...
Beijinhos

Princesa Perdida disse...

Adorei o primeiro capítulo! Isto promete :D

Princesa Perdida disse...

Olaa ShOninhA e R*M!
Claro que gostei, estava fantástico ;)
Pois é, já estou a ver que sim!
De nada queridas.
Beijinhos*

anónimo blogue disse...

adorei este capitulo (:

ShOninhA disse...

Olaa anónimo blogue :)
ehe :P ainda bem que gostaste :)
Beijinhos R*M e Shoninha

Diaana Santos disse...

Olá meninas :)
Tenho de vos dar os parabéns por se terem juntado para escrever esta história!
Foi uma boa iniciativa ;)
Para além disso começam numa beleza! Estou curiosa para saber o que se vai passar nessa bela cidade :)
Parabéns
beijos

Anônimo disse...

Estou a começar a ler agora mesmo, vamos lá ver se vou gostar. Para já, estou convencida!

Cainã Ito disse...

Bem, li o primeiro capítulo. Vamos ver o que aguardam os próximos, e assim vou comentando = )